Não se precipite nas palavras

Não se precipite nas palavras,
Palavras vão e não tem retorno,
Antes de pronunciar alguma coisa,
Verifique o grau de sua consequência,
Ela pode curar e até levantar uma vida,
Mas dependendo de sua expressão,
O efeito poderá ser o contrário,
Causando um grande mal ao receptor,
Que pode não está preparado para ouvir,
E o que era para curar, pode matar ou ferir,
E nunca mais se recuperar diante da dor.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Amados, entrei no seu abençoado blog, e verifiquei que aqui há vida, e que o amor de Jesus impera.
Dou-lhe os parabéns por este belo blog, que é mais uma ferramenta para levar a Palavra de Deus.
Tenho um blog que fazia gosto se o conhece-se, O peregrino e servo.
Também ficaria honrado se fizesse parte dos meus amigos virtuais.
Decerto que irei retribuir.
Fique na paz de Jesus. Com votos de um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de vitórias em Cristo.
António Batalha.